Páginas

16 de abr de 2012

Já tem sua sacola retornável?

Os consumidores paulistas deverão pagar cerca de R$ 0,19 pelas sacolinhas ecologicamente corretas que serão oferecidas, a partir da próxima quarta-feira (25), nos supermercados. A maioria dos estabelecimentos vai deixar de oferecer sacolas plásticas gratuitas aos consumidores, e passa a vender sacolas biodegradáveis --aparentemente iguais às antigas, mas feitas de amido de milho.

A iniciativa faz parte de uma campanha promovida pela Apas (Associação Paulista dos Supermercados) em parceria com a Prefeitura de São Paulo e com o governo do Estado. Segundo a Apas, 95% dos 1.200 associados aderiram à campanha.



No Wal-Mart, por exemplo, cada sacola custará R$ 0,19. Oficialmente, o Carrefour não informa o preço que será cobrado, mas os caixas das lojas já afirmam aos clientes que o preço também será de R$ 0,19.
Algumas lojas do Pão de Açúcar da capital e do interior já deixaram de oferecer gratuitamente as sacolas há alguns meses e vendem as biodegradáveis por R$ 0,20. A assessoria de imprensa do grupo, que engloba também a rede Extra, não confirmou se será esse o preço cobrado nas demais unidades a partir de quarta.
1,7 bilhão de sacolas deixarão de ser distribuídas por ano

O objetivo da campanha é criar hábitos mais sustentáveis nos consumidores. A expectativa é de que os supermercados deixem de distribuir juntos, em São Paulo, 1,7 bilhão de sacolas plásticas por ano.
Segundo o presidente da Associação, João Galassi, a sacola plástica tradicional demora de 100 a 400 anos para se decompor no meio ambiente.

A sacola que estará à venda a partir desta semana demora seis meses para se decompor se for levada a uma usina de compostagem (que decompõe o lixo orgânico) e, fora da usina, dois anos.
Redes oferecem também caixas e carrinhos

Além das sacolas biodegradáveis, os supermercados vão oferecer ainda, gratuitamente, caixas de papelão para o consumidor acomodar as compras.

A maior parte dos supermercados e também lojas que atuam em outros segmentos do varejo já vende sacolas retornáveis, cestas de plástico e carrinhos como opção sustentável aos consumidores, a preços que variam de R$ 1,99 a R$ 49,90.

Cidades do interior do Estado já aboliram plástico

O presidente da Apas aposta que a iniciativa será um sucesso e bem recebida pela maior parte dos consumidores. "A campanha é resultado de uma demanda da própria sociedade, que está cada vez mais atenta às questões ambientais", diz Galassi.

Ele cita como exemplo campanhas que já extinguiram o uso da sacola plástica em cidades como Jundiaí, Americana e Monte Mor, todas no interior de São Paulo.

Fonte.: Uol - http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2012/01/23/sacolas-vao-custar-r-019-nos-supermercados-veja-outras-opcoes-para-levar-suas-compras.jhtm

Nenhum comentário:

Postar um comentário